Critica do filme Cinquenta Tons de Cinza

Cinquenta Tons de Cinza nada mais é do que a perturbada relação de uma moça inocente e romântica que ao se apaixonar descobre os prazeres do sexo através de um milionário sadomasoquista que vive e respira este mundo de dominação e submissão a ponto de beirar a obsessão.
O filme mostra um casal de opostos, não opostos que se completam, mas opostos quanto ao que são em sua essência e ao que esperam de um parceiro, um amor, ou simplesmente uma foda com força.
O publico, por sua vez, em grande parte feminino, se coloca no lugar da protagonista e se imagina como ela, sendo desejadas por um jovem rico e "gostoso".
Com um texto que remete a muitas tramas mexicanas exibidas pelo SBT, as cenas que deveriam ser picantes, na verdade são bem água com açúcar e a nudez contida no filme é natural, mesmo quando o casal está transando, fugindo e muito do sensual ou sexual anunciado pelos trailers e pelas leitoras afoitas do best-seller.
De forma geral, a adaptação do livro homônimo não faz jus ao sucesso, nem a fama que tem.


Foto: Adoro Cinema
COMPARTILHAR:

+1

0 Response to " Critica do filme Cinquenta Tons de Cinza "

Leia também

Arquivo do blog

Total de visualizações

Follow by Email