Dica de Livro: Chatô, O Rei do Brasil

Um magnata de escrúpulos questionáveis
(por Rafael Motta)

Fernando Morais é o autor do livro “Chatô, o Rei do Brasil” onde ao longo das mais de 670 páginas publicado pela Companhia das Letras em 1994, ele conta a história do grande magnata brasileiro Assis Chateaubriand, dono do império “Diários Associados” e um dos personagens responsáveis pela expansão da comunicação no Brasil.

O trabalho do autor é impecável, pois se observa no livro uma rica pesquisa, haja visto que Chateaubriand não era qualquer pessoa, era um jornalista que conforme os anos foram passando e poder ele foi conquistando, adquiriu em seu hall de conhecidos pessoas ilustres como os presidentes da Republica da época, Getulio Vargas e JK. O prestigio de Chateaubriand não se restringia ao âmbito nacional, ele se tornaria figura conhecida internacionalmente pelo império que construía e chegou a ser embaixador do Brasil na Inglaterra, a contra gosto de muitos.

Chatô, O Rei do Brasil não é apenas a história de um empresário de comunicações, é uma compilação de todas essas relações de grande peso que o jornalista tinha. Mostra ainda a forma que o tímido menino gago de Umbuzeiro no interior da Paraíba foi se tornando o magnata que foi e os escrúpulos eticamente questionáveis que Chateaubriand tinha e fazia seus negócios. Mostra suas campanhas de aviação, a construção do MASP, dentre outros projetos com que se engajava e a difícil situação familiar com os filhos e o número extenso de mulheres que passaram por sua vida.

O nome deste figurão da Paraíba acaba sendo difundindo para as novas gerações como sendo o da pessoa que trouxe a televisão para o Brasil, e de fato, foi ele mesmo que fez com que o Brasil fosse o quinto pais a ter televisão, sendo o primeiro da América Latina, mas conhecer, como um todo, a vida de Chatô, como era chamado, é imprescindível, principalmente para qualquer pessoa que estuda comunicação. Chateaubriand era dono de inúmeros jornais espalhados pelo Brasil, uma agência de noticias, uma agência de publicidade, outras tantas estações de rádio e de televisão, um verdadeiro gênio das comunicações e sem dúvida um personagem impar na história do Brasil.
 
Veja trechos da inauguração da tv no Brasil:

Imagens de Chateaubriand:

COMPARTILHAR:

+1

0 Response to " Dica de Livro: Chatô, O Rei do Brasil "

Leia também

Arquivo do blog

Total de visualizações

Follow by Email